Archive for the ‘ Despertologia ’ Category

Lanterna Verde e a Competência Pensênica

Qual é o coletivo de vontade?

Esta semana estava lendo a entrevista com o diretor do filme do Lanterna Verde (Green Lantern – que estréia agora em agosto no Brasil) e achei interessante ele dizendo que o maior poder do Lanterna Verde não é o anel, mas sim sua Força de Vontade.

“… a força de vontade é fator determinante na hora da decisão de se tornar ou não um lanterna verde, então força de vontade acaba sendo o poder dele.” – Martin Campbell – diretor de Lanterna Verde.

E que para os Lanternas Verde, quanto mais forte sua volição (vontade), mais poderosos serão seus Constructos. Esses Constructos seriam os chamados construtos astrais ou formas pensamento (morfopensenes) ou ainda, se considerados na dimensão física poderíamos chamá-los de ectoplasmias ou efeitos ectoplásmicos (que seria a materialização dos morfopensenes).

Certo. Com essa questão da VONTADE em mente, fiz uma pesquisa rápida no site da Revista Conscientia e encontrei um artigo bem interessante, do Conscienciológo Laênio Loche, a respeito da Competência Pensênica e Despertologia (para ler o artigo do Loche na íntegra, clique aqui ou no link acima).

Como já comentei no post anterior, a Despertologiaé o ramo da ciência Conscienciologia que estuda o estágio evolutivo conhecido como Desperticidade, ou a condição do ser Desperto; quais suas características e como alcançar esta condição (algo factível numa única existência – vida intrafísica – para aqueles se dedicarem a tal feito, segundo o Professor Waldo Vieira).

É justamente “como atingir” esse estágio evolutivo da Consciência que o artigo científico do pesquisador Loche vêm corroborar, tocando no ponto fundamental para tornar-se um DESPERTO:

A higienização do PENSENES, ou seja, seu controle permanente da manifestação qualitativa dos seus pensamentos, sentimentos e energias para evitar o autoassédio e consequentemente evitando o heteroassédio consciencial.

Onde entra a vontade nisso tudo?

A vontade é nosso maior poder no caminho para a Desperticidade, pois é com a vontade que você conseguirá controlar seus pensenes de forma a se reeducar, ocasionando uma mudança intraconsciencial, fazendo-o livrar-se de todo e qualquer elemento pensênico (pensamento, sentimento ou energia) que possa provocar-lhe o assédio (auto e hetero).

“A DESPERTICIDADE REQUER ATENÇÃO SOBRE

O CONTEÚDO E A PERMANÊNCIA DOS PENSENES,

ISTO É, A MANUTENÇÃO ININTERRUPTA

DE PADRÃO PENSÊNICO SALUTAR”.

Laênio Loche

E cabe dizer que, assim como acontece com o Lanterna Verde, quanto maior sua vontade maior seu poder de mudança pensênica, maior serão suas chances de alcançar a Desperticidade nesta vida intrafísica.

Mas atenção, serão precisos 20 (vinte) anos ininterruptos sem um único assédio para que você possa se considerar um Desperto.

Por isso tudo, estou mais ansioso ainda para assistir ao filme do Lanterna Verde e ver como essa questão da vontade foi tratada no filme e desde já me torno um admirador do personagem Hal Jordan, a.k.a. Lanterna Verde, pelo seu poder superheróico:

A FORÇA DE VONTADE.

Anúncios

Como nunca mais ser assediado/obsidiado?

Na Conscienciologia tem-se uma  meta para se alcançar no curto prazo (seja alcançando numa única vida ou nas vidas mais próximas) que é alcançar a condição de DESPERTO, ou seja, de DESassediado PERmanente TOtal, que quer dizer que você nunca mais será importunado por assediadores/obsidiadores/encostos ou como queira chamar. Essas Consciências Extrafísicas (ou mesmo as intrafísicas) não conseguirão brecha na sua personalidade para lhe sugar ou lhe fazer mal.

Para isso existem vários caminhos, porém todos passaram por três bases fundamentais da nossa manifestação:

1º Controle do PENsamento; (o PEN do PENSENE)

2º Controle do SENtimento; (o SEN do PENSENE)

3º Controle da ENErgia. (o ENE do PENSENE)

Não necessariamente nesta ordem. Os dois primeiros são mais importantes, porque o terceiro será consequência deles, se ninguém consegue tirar você do sério nem contaminar seus pensamentos, sua energia se manifestará de forma mais saudável.

Para entender melhor o que estou dizendo, leia a entrevista com o “Seu Manuelzinho, reconhecidamente um DESPERTO.

Ele dominou os próprios pensamentos e mantêm-se emocionalmente inabalável, equilibrado e por consequência as energias que ele emite e que atrai são saudáveis.

Mas há outra forma de se tornar DESPERTO que é através do domínio energético (que no fim acabará por passar por uma reeducação sentimental e mental).

Não importa por onde você irá começar, o que importa é estar com o objetivo claro na mente:

“Alcançar a condição de desassediado permanente total – DESPERTO“.

Essa é a meta prioritariamente evolutiva que a maioria de nós (eu que estou aqui escrevendo isso e você que está aí lendo) devemos almejar e nos esforçar para alcançar. Por que lembre-se:

Coincidências não existem

Waldo Vieira

E ainda:

“Não acredite em nada do que ler aqui,

EXPERIMENTE. 

Tenha suas experiências pessoais

e tire suas próprias conclusões.”

Cabe a você decidir por onde começar e saiba que não será fácil, pois a evolução não é “fofinha” e também “não passa a mão na cabeça” de ninguém.

Um abraço e votos de compléxis!

P.S.: Nos links abaixo você encontrará mais informações sobre a Desperticidade para aprofundar seu conhecimento.

Complementos:

O que é o PENSENE?

O que é o ser DESPERTO?

O que é a Desperticidade?

Videos sobre o ser DESPERTO.

Artigos científicos sobre a Desperticidade.